São uns |retalhos| que fazem .Vida.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

"O que é pior, novas feridas que são horrivelmente dolorosas 
ou velhas feridas que deviam ter sarado anos atrás mas nunca o fizeram? 
Talvez velhas feridas nos ensinem algo. 
Elas nos lembram onde estivemos e o que superamos. 
Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro."
Grey's Anatomy

4 comentários:

  1. As feridas precisam ser tratadas a curto, médio e longo prazo. Ao seu tempo.
    Mas se ferir é um processo muito importante. Lembrei das crianças: elas precisam correr, se sujar e sobretudo se ferir, assim, seu corpo produz substâncias necessárias para seu crescimento e saúde.
    Se não for o machucado, o ardido da dor, a coceira na casquinha sobre a pele, sem o passo-a-passo da cura não cresceríamos como pessoas.

    Não vamos sair por aí nos machucando, ferindo nossas relações no mundo, mas também não vamos nos armar ao ponto de sermos impenetráveis e cair na insensibilidade.

    Vamos vivendo e na dor e na alegria aprendendo a ser gente.

    Beijo amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai ai Jair...
      Você falou tudo e com perfeição agora, sem mais...
      Não há necessidade de complemento, sábias palavras.
      Beijos.

      Excluir
  2. As feridas são marcas de lembranças.
    Obrigada pelas visitas e comentários, a partir de agora sou mais presente, as férias chegaram ao fim.
    Beijo!

    ResponderExcluir